Empilhadeiras: pneus em bom estado são primordiais

Fissuras, desgaste e produtos de má qualidade podem levar a graves acidentes.Para garantir que a operação com empilhadeiras mantenha a produtividade, é preciso ficar atento na hora da manutenção. Há componentes que, quando sofrem desgaste ou apresentam alguma avaria, podem provocar acidentes. Além disso, podem elevar o consumo de combustível do equipamento. "Os pneus de empilhadeiras devem ser revisados diariamente e não podem apresentar fissuras ou desgaste sob risco de ocasionarem acidentes", afirma Paulo Acosta, gerente comercial da TVH-Dinamica, distribuidora especializada no fornecimento de peças e acessórios para as linhas de movimentação, industrial e agrícola. Por isso, é importante utilizar pneus de qualidade, composto de matéria de elevada resistência, ideal para os equipamentos de movimentação.

No portfólio da empresa podem ser encontrados pneus para empilhadeiras da TotalSource, todos da linha Confort, sem trava. "Maciços e feitos com material de alta durabilidade, contam com uma taxa de borracha natural extra que reduz o aquecimento no contato com o piso, possibilitando maior vida útil aos pneus", comenta. Com base firme e composto por elástico que reduz também a vibração, os pneus, que apresentam anéis de aço, proporcionam estabilidade e trazem redução de consumo de combustível na operação. "Quanto mais resistente, melhor será o desempenho do equipamento e também menor será o consumo de combustível", ressalta. 

As empilhadeiras não possuem molas de suspensão para suavizar os movimentos, diferentemente de um veículo. A recomendação é substituir os pneus sempre que tiverem desgastados ou provocando trepidações. "Pneus em boas condições e adequados à aplicação podem assegurar o máximo de desempenho da empilhadeira", conclui.

Fonte: http://www.logweb.com.br/ Adaptado pelo movcarga.com